Zircônia: tudo sobre a pedra que parece com o diamante

Zircônia

A zircônia é uma pedra econômica, popular e magnífica, e a sua fama e popularidade existe desde a antiguidade. E tudo isso porque quando cortadas corretamente, as pedras incolores podem ser belas substitutas dos diamantes – ou até mesmo, superá-las, por que não? Afinal, tem coisa melhor do que unir brilho, glamour e preço amigo?

A alta dispersão das zircônias está próxima ao do diamante. No entanto, a simulação só vai até certo ponto. Ao contrário do cristal precioso, a sua versão mais acessível é quebradiça e as suas bordas tendem a lascar e desgastar com o uso, mas mesmo assim vale muito a pena investir.

As zircônias são pedras preciosas por si só. Elas são encontradas em uma ampla gama de cores, e muitas tonalidades adicionais podem ser produzidas por tratamentos térmicos.

Você também é apaixonada por brincos, anéis, pulseiras ou colares com pedrarias e aplicações de zircônias? Se sim, está no lugar certo. Hoje vamos desvendar algumas características que fazem dessa pedra a queridinha das semijoias e das bijuterias, e te contar quais as diferenças reais entre ela e o diamante. Confira!

A zircônia é uma das pedras mais populares e usadas no mundo! Foto: Reprodução
A zircônia é uma das pedras mais populares e usadas no mundo! Foto: Reprodução

Variedades da zircônia

A zircônia é classificada como alta, média ou baixa, variando de acordo com o seu nível de deterioração. Além disso, ela também é chamada de alfa, beta e gama.

As classes são fáceis de distinguir, pois as propriedades mudam em uma progressão uniforme.

A zircônia alta é totalmente cristalina e tem as propriedades superiores. Já material ligeiramente danificado pela radiação é chamado de zircônia intermediária, e a zircônia baixa geralmente tem uma textura turva.

Você saberia apontar qual é o diamante e qual é zircônia? São idênticos, não é mesmo? Já o preço, pode variar absurdamente, já que a Zircônia é até 100x mais barata. Foto: Reprodução
Você saberia apontar qual é o diamante e qual é zircônia? São idênticos, não é mesmo? Já o preço, pode variar absurdamente, já que a Zircônia é até 100x mais barata. Foto: Reprodução

Principais diferenças e comparativo entre a zircônia e o diamante

Pagar um alto preço por um diamante pode parecer injustificável quando existem réplicas que parecem reais. Além do custo, tem a questão do risco de andar por aí com uma pedra verdadeira, não é mesmo? E o diamante fake mais comum é, obviamente, a zircônia.

Pedras de zircônia cúbica – aquelas que vemos nos anéis solitários de noivado – parecem muito semelhantes aos diamantes. Mas, afinal, as suas origens e o processo de fabricação são iguais? A resposta simples é: não!

À seguir, veremos algumas principais diferenças entre a zircônia e o diamante verdadeiro.

Origem

Os diamantes podem ser encontrados em variedades naturais e sintéticas. Os mineiros são mais caros, enquanto os sintéticos são mais baratos. Já os diamantes sintéticos são criados em laboratório, que são quimicamente e visualmente semelhantes aos diamantes minados.

A zircônia, assim como os diamantes sintéticos, também são criados em laboratório. No entanto, elas são simuladores de diamante, o que significa que, além de parecer um diamante, elas têm pouco em comum. Por exemplo, os diamantes são feitos de carbono, enquanto a zircônia é feita de óxido de zircônio.

Durabilidade

Os diamantes têm uma classificação de 10 na escala de dureza de Mohs. A zircônia, no entanto, está entre 8,0 e 8,5.

E você deve estar se perguntando o que esses números significam para suas joias, acertei? Isso nada mais é do que o fato dos diamantes não poderem ser facilmente arranhados ou lascados. Eles são extremamente duráveis e apenas um diamante pode danificar outro diamante.

Por isso, o diamante é uma excelente pedra para joias que precisam ser usadas diariamente, como anel de noivado ou alianças de casamento, e precisam de manutenção mínima para manterem a pedra brilhando.

A zircônia também é uma pedra dura, mas é muito mais facilmente arranhada e danificada.Com o tempo, ela pode ficar turva e exigirá limpeza e manutenção regulares para manter seu brilho.

Cores

Quando se trata de diamantes, as pedras incolores são as mais valorizadas devido à sua raridade e beleza. Sua cor é graduada em uma escala de D (incolor) a Z (amarelo), e é possível encontrar diamantes de todos os tipos – de D a Z – no mercado.

Destes, os diamantes coloridos D são os mais valiosos em termos de cor, e muitas vezes cada série maior custará significativamente mais que a anterior.

Como a zircônia é criada em laboratório, os fabricantes podem controlar o produto final em grande medida. Essas pedras são quase sempre incolores, semelhantes ao grau D de um diamante.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a pedra que pode facilmente substituir o diamante? Quais seus acessórios preferidos com a zircônia? Comente o post e conte-nos suas impressões sobre o falso diamante.

Zircônia
Semijoias com zircônia são as queridinhas das mulheres! Foto: Reprodução

Onde comprar semijoias com zircônia

Se você quer conhecer diversos modelos de brincos, anéis, colares e pulseiras com zircônias, clique aqui e conheça a loja virtual da RiosLuz. Com especialidade em semijoias e bijuterias finas de qualidade, a marca possui coleções e opções exclusivas para quem quer comprar folheados a ouro com garantia, 100% de segurança e preço extremamente acessível.

riosluz semijoias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *